segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

As explicações do Santuário de Aparecida sobre a homenagem a Nossa Senhora no carnaval de 2017.

Por Edson Luiz Sampel

O padre-reitor do Santuário Nacional de Aparecida postou na Internet alguns esclarecimentos acerca da homenagem que a escola de samba Unidos de Vila Maria prestará a Nossa Senhora Aparecida no entrudo ou carnaval de 2017, quando se comemora o ano jubilar.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Sua Santidade se recusa a responder


 Ross Douthat, The New York Times, 26 de novembro de 2016

 “Isso não é normal” – assim dizem os críticos de Donald Trump, enquanto ele se prepara para assumir a presidência. Mas, a República Americana é apenas a segunda mais antiga instituição que está enfrentando uma situação distinta e incomum no momento. O lugar de honra vai para a Igreja Católica Romana, que, com menos alarde (talvez porque o papado não tem um arsenal nuclear) também entrou em terra incógnita.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

4 ocasiões em que Deus mandou fazer imagens

Se temos entre nossos familiares ou amigos próximos algum protestante, é muito provável que alguma vez nos disseram que nós católicos estamos errados por termos imagens. É normal que, com a melhor intenção do mundo mas com muito desconhecimento das Escrituras, esta pessoa nos tenha mostrado aquela famosa passagem em que Deus “proíbe” a construção de imagens.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A liturgia é Sagrada


Dom Fernando Rifan
Bispo da Administração Apostólica Pessoal João Maria Vianney
Campos/RJ



 Continuo nesse artigo a citar pérolas do último livro do Cardeal Robert Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino, com o título “A Força do Silêncio - contra a ditadura do barulho”, pois se trata do Cardeal encarregado pelo Papa de velar pela Liturgia na Igreja.          

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Cardeais divulgam carta e questionamentos sobre Amoris Laetitia que Francisco se negou a responder.  

Alguns nós por resolver em “Amoris laetitia” – Um apelo

1. Uma premissa necessária

O envio desta carta ao Papa Francisco por parte de quatro cardeais nasce de uma profunda preocupação pastoral.

Temos observado a desorientação de muitos fiéis, e a confusão em que se encontram, relativamente a questões de grande importância para a vida da Igreja. Temos notado também que inclusive no seio do colégio episcopal se fazem interpretações contrastantes do capítulo oitavo de “Amoris laetitia”.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

A que Igreja, afinal, pertence o Papa Bergoglio?

Roberto de Mattei

Duas celebrações se sucederão em 2017: os 100 anos das aparições de Fátima, ocorridas entre 13 de maio e 13 de outubro de 1917, e os 500 anos da revolta de Lutero, iniciada em Wittenberg, Alemanha, em 31 de outubro de 1517. Mas no próximo ano ocorrem também dois outros aniversários, dos quais se fala menos: os trezentos anos da fundação oficial da maçonaria (Londres, 24 de junho de 1717) e os cem anos da Revolução russa de 26 de outubro de 1917 (no calendário juliano, em uso no império russo; no dia 8 de novembro, segundo o calendário gregoriano). No entanto, entre a Revolução protestante e a comunista, passando pela Revolução francesa, filha da maçonaria, corre um ininterrupto fio vermelho que Pio XII, no famoso discurso Nel contemplare, de 12 de outubro de 1952, resumiu em três fases históricas, correspondentes ao protestantismo, ao iluminismo e ao ateísmo marxista: “Cristo sim, a Igreja não. Depois: Deus sim, Cristo não. Finalmente, o grito ímpio: Deus está morto; ou antes, Deus nunca existiu.”

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Omissão criminosa

Já faz tempo que o PT e seus asseclas têm mostrado a que vieram. Sob o olhar cúmplice de vários personagens e de setores da Igreja católica, no Brasil, e com a colaboração de muitos de seus segmentos, especialmente de alguns ”movimentos sociais” que se abrigam dentro da Igreja, o PT seguiu com a sua política de implantação do socialismo marxista, o que supõe e exige a derrocada dos valores cristãos que dão a sustentação moral para a sociedade e regulam o sadio relacionamento entre as pessoas e instituições.